BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Faceta de resina ou lente de contato dental: diferenças além do preço.

faceta de resina ou lente de contato dental diferença qual é melhor

Faceta de resina ou lente de contato dental, qual é a melhor? Abordando a durabilidade, resistência, resultados estéticos e outras diferenças que vão muito além do preço.

 

Luís Gustavo Leite é dentista especialista em gengivas (periodontia) e próteses dentárias, ambas pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Faceta de resina ou lente de contato dental: qual é a melhor?

 

Para quem está pensando em correções marcantes na cor e forma dos seus dentes, é bom ir se preparando. Será preciso decidir entre diversas técnicas com facetas dentárias laminadas que podem confundir até mesmo ao dentista especializado. E, ainda pior, erros destes laminados costumam trazer frustrações com relação aos resultados.

 

Atualmente, as transformações de impacto do sorriso, tão popularizadas por artistas e famosos, são realizadas por técnicas como lentes de contato dental, faceta de porcelana, faceta de resina ou, ainda mais recente, o fragmento cerâmico. Apesar das diferenças, todas apresentam ampla gama de estudos científicos que atestam a efetividade e segurança de cada uma delas – desde que selecionadas e confeccionadas de forma correta.

 

Dentre as técnicas com facetas dentárias laminadas, destacam-se duas delas. Faceta de resina ou lente de contato dental, qual delas é a melhor?, vai elucidar suas dúvidas sobre indicações, durabilidade, resistência, resultados estéticas e outras diferenças que é preciso decorar antes de iniciar o tratamento.

 

lente de contato dental resultado estético
Lente de contato dental: detalhamento realizado em laboratório de prótese dentária especializado.

 

 

Diferenças além do preço: o material.

 

As diferenças entre lente de contato dental e faceta de resina vão muito além do preço. A principal e mais importante delas é o tipo de material utilizado, uma característica que impacta na durabilidade, resistência e resultados estéticos.

 

O material utilizado na confecção da faceta de resina, como o próprio nome indica, é a resina composta, um compósito polimérico que reproduz diversas propriedades ópticas de cor, transparência e opalescência presentes em dentes naturais. Atualmente, resinas compostas reforçadas com cerâmica trazem mais durabilidade e resistência à técnica, fazendo destas uma escolha cada vez mais acertada.

 

As resinas compostas trazem inúmeras vantagens ao tratamento com faceta dentária laminada. Além do preço mais em conta, apresentam passo-a-passo mais simples que permite a realização do tratamento em uma única consulta – uma característica importante para quem deseja resultados imediatos.

 

O material utilizado na confecção da lente de contato dental é a cerâmica – popularmente conhecida como porcelana. Com propriedades ópticas ainda mais próximas a dentes naturais, são mais duráveis e resistente mas trazem preço mais elevado – podem custar até seis vezes o valor da lente de contato dental, dependendo do laboratório protético utilizado.

 

 

Resultados estéticos.

 

A introdução de resinas compostas reforçadas com cerâmicas (porcelanas) reduziu consideravelmente as diferenças estéticas entre lentes de contato dental e facetas de resina. Se antes a técnica com preço mais em conta trazia apenas resultados estéticos medianos, atualmente ela proporciona efeitos mais naturais e harmônicos próximos alaminados cerâmicos.

 

Por outro lado, a lente de contato dental, construída com delicada lâmina em porcelana, ainda oferece melhores resultados estéticos. Mas é preciso estar atento ao fato de que a experiência e habilidade artística do técnico em prótese dentária é parte essencial destes resultados. É importante ao paciente em tratamento com faceta dentária laminada certificar-se da qualidade do laboratório de prótese dentária utilizado para evitar frustrações com os resultados finais do procedimento.

 

faceta de resina composta
Resina composta utilizada na confecção de faceta de resina influencia na resistência e durabilidade do tratamento.

 

 

Durabilidade.

 

No quesito durabilidade, não resta dúvida qual é a melhor: lente de contato dental. Além da mais resistente ao amarelamento, a técnica também é resistente à perda do brilho. E para ter uma ideia ainda melhor, diversas pesquisas científicas demonstram que 94% das lentes instaladas mostram-se em excelentes condições passados 10 anos do tratamento – um resultado que surpreende até mesmo ao dentista especializado em lente de contato dental.

 

A durabilidade da faceta de resina vem melhorando a cada ano. Se embora ainda não sejam comparáveis a outras técnicas, podem ser consideradas resolutivas dependendo da sua indicação.

 

 

Resistência.

 

Pequenas fraturas podem ser frequentes às facetas de resina. Emprego de material de baixa qualidade e indicações erradas – como na recuperação de desgastes dentários severos por bruxismo – implicam na diminuição da resistência deste tipo de material. Por outro lado, reparos neste tipo de faceta dentária são rápidos e fáceis de serem realizados, uma característica que até mesmo é apontada como vantagem por muitos dentistas.

 

diferença entre lente de contato dental e faceta de resina
Gama de cores disponíveis para facetas de resina é cada vez maior.

 

 

Preço.

 

Pacientes sensíveis ao preço mais elevado de procedimentos com laminados cerâmicos (lentes de contato dental e faceta de porcelana) encontram na faceta em resina uma solução rápida e mais em conta.

 

De fato, em muitos casos, dada a praticidade e preço mais baixo, a faceta de resina é até mesmo uma escolha mais inteligente comparado à lente de contato dental. São os casos, por exemplos, de correções na forma ou reconstrução de pequenas fraturas dentárias localizadas em dentes anteriores.

 

 

Faceta de resina ou lente de contato dental: e agora?

 

Faceta de resina ou lente de contato dental, qual é a melhor? A escolha entre ambas as técnicas necessita de informações além das aqui apresentadas. Problemas como o bruxismo severo ou dentes escurecidos após tratamento de canal, apinhamento dentário ou necessidades estéticas são alguns dos fatores analisados durante o exame clínico do paciente candidato ao tratamento.

 

A faceta de resina como primeira escolha nos tratamentos com facetas dentárias laminadas é cada vez mais comum. Para muitos pacientes, esta técnica pode ser encarada até mesmo como definitita, desde que observada a menor durabilidade do tratamento. Em outras situações, ela pode ser até mesmo o procedimento estético ideal.

 

A seleção por lente de contato dental é mais uma questão financeira do que escolha técnica. Apesar de sua enorme popularidade, é preciso estar atento às limitações do procedimento na correção de dentes escurecidos ou que exigem correções intensas de forma – nestes casos, a técnica ideal é a faceta de porcelana. 

 

Saiba mais sobre o tratamento com faceta de resina.

Ou aproveite para ler os posts relacionados.

Voltar para o blog