BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Gengivoplastia, recuperação e pós-operatório: organize sua agenda.

gengivoplastia recuperação e pós-operatório

A gengivoplastia tem recuperação e pós-operatório que podem exigir até três dias em repouso – e muitos cuidados. Que tal conhecer detalhes como tempo de cicatrização e restrições alimentares antes de partir pra esta marcante técnica de cirurgia plástica gengival?

 

Luís Gustavo Leite é dentista especialista em periodontia e prótese dentárias, ambas pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Gengivoplastia, cada vez mais essencial à estética do sorriso.

 

Gengivas marcantes e perfeitamente alinhadas. Para muitos indivíduos, já não bastam mais as transformações de impacto com laminados cerâmicos do tipo lente de contal dental. É preciso que a harmonia entre todos os elementos que compõem o sorriso estejam impecáveis para que nenhum detalhe passe despercebido. Se você é um deles, a gengivoplastia pode ser um procedimento cirúrgico indispensável para ser realizado antes de iniciar qualquer tratamento estético em odontologia.

 

A gengivoplastia é uma técnica cirúrgica indicada alinhar gengivas. Apesar da confusão entre vários termos associados ao assunto – a diferença entre gengivectomia e gengivoplastia é apenas uma delas -, este procedimento envolve a remoção de gengiva isolada ou combinada à osteotomia. O procedimento todo, que pode necessitar até de simulação digital e física, é realizado em um único dia e não dura mais do que duas horas para casos mais complexos – ao final da cirurgia, o paciente sai com as gengivas posicionadas e com pequenos isolados de sutura.

 

As indicações da gengivolplastia são múltiplas. Da remoção da gengiva em excesso característica do sorriso gengival, passando por pequenos alinhamentos até a remoção de hiperplasias gengivais inflamatórias, são inúmeras as aplicações deste tipo de plástica gengival que exige bastante atenção com relação à recuperação e pós-operatório.

 

 

Tempo de recuperação da gengivoplastia em procedimentos maiores.

 

A gengivoplastia tem recuperação e pós-operatório cujos cuidados influenciam diretamente no sucesso do tratamento. Negligências como repouso abreviado ou ingestão de alimentos inapropriados, só para ficar nos mais comuns, frequentemente resultam em problemas como deiscência tecidual (reabertura da ferida cirúrgica), maior tempo para remissão de edema e desprendimento de enxerto gengival.

 

O tempo de cicatrização das gengivas e o número de dias em repouso variam de indivíduo para indivíduo e dependem de fatores como biotipo gengival, extensão da plástica gengival e uso combinado de enxertos gengivais. Veja, como exemplo, como é a recuperação da gengivoplastia em um procedimento para alinhamento e harmonização em indivíduo com sorriso gengival:

 

primeiras 24 horas: uso de medicações para controle de dor e presença de edema cirúrgico imediato; sangramento eventual das gengivas;

 

entre 24 e 72 horas: ausência de dor e persistência do edema cirúrgico; gengivas ainda avermelhadas;

 

entre 3 a 7 dias: ausência de dor e diminuição sensível do edema; gengivas adquirem coloração normal ou próxima da normalidade;

 

entre 7 a 14 dias: gengivas adquirem coloração normal; ausência de edema cirúrgico.

 

 

Quantos dias em repouso são necessários à gengivoplastia?

 

Na maioria dos procedimentos em cirurgia plástica gengival, a recuperação exige alguns dias em repouso. Enquanto pequenas correções estéticas exigem apenas 24 horas com o paciente distante de atividades de trabalho ou sociais, outras pedem até 5 dias nas mesmas condições – um tempo que exige planejamento na agenda para quem trabalha, estuda ou pratica esportes de atividade física intensa.

 

De forma geral, a gengivoplastia realizada nos seis dentes anteriores – como a cirurgia para corrigir o sorriso gengival – exige ao paciente entre 2 a 3 dias em repouso absoluto. É durante este período em que se dá o auge do edema cirúrgico. Ao final destes dias, as gengivas já começam a desinchar e já é possível ao paciente retomar suas atividades de trabalho ou estudo. Veja um esquema com tempo de recuperação médio associado ao procedimento:

 

✓ gengivoplastia isolada: 1 dia

✓ gengivoplastia de grande extensão: 2 a 3 dias

✓ gengivoplastia com enxerto gengival: 2 a 5 dias.

 

 

Dá para trabalhar ou ir à faculdade no período de cicatrização da gengivoplastia?

 

Pontos de sutura são utilizados para aproximar os tecidos gengivas, acelerando, assim, a cicatrização e também diminuindo complicações pós-cirúrgicas. Diferente de outros procedimentos cirúrgicos em odontologia que utilizam-se de fios de sutura mais simples, a gengivoplastia requer fios mais delicados, confortáveis e discretos para que o período de cicatrização não interfira nas atividades dos pacientes.

 

A maioria dos pacientes submetidos à cirurgia plástica gengival, independente da técnica, relata pouco incomôdo estético com relação à presença deste fios passados 5 dias do procedimento. Entretanto, fatores como a localização, técnica de sutura e maior exposição das gengivas ao sorrir podem interferir nestas condições e limitar as atividades sociais e de trabalho enquanto durar a etapa com gengivas suturadas – em média, entre 10 a 14 dias. 

 

 

Pós-operatório da gengivoplastia: os cuidados.

 

À gengivoplastia, os cuidados durante a recuperação e pós-operatório são essenciais ao sucesso do tratamento. Enquanto a técnica com enxerto gengival exige cuidados mais do que redobrados para evitar deslocamentos do tecido enxertado durante a etapa de consolidação tecidual, na plástica gengival convencional dá até mesmo para retornar às atividades profisisionais antes mesmo das primeiras 24 horas passadas da cirurgia – dependendo, é claro, da extensão e localização do procedimento cirúrgico. Conheça os principais cuidados pós-operatórios a serem tomados:

 

primeiras 24 horas:

repouso absoluto;

ingestão de alimentos frios e pastosos;

compressas frias para minimizar edema;

bochechos com agentes controladores de placa bacteriana;

ausência de higiene oral no local operado.

 

entre 24 e 72 horas:

repouso relativo;

ingestão de alimentos pastosos;

bochechos com agentes controladores de placa bacteriana;

ausência de escovação no local operado.

 

entre 3 a 7 dias:

bochechos com agentes controladores de placa;

retomada da higienação no local operado (exceto plástica gengival com enxerto de gengiva).

 

 

Medicações.

 

Procedimentos para plástica gengival necessitam apenas de remédios para controle da dor pós-operatória. As medicações mais utilizadas são simples, trazem poucas efeitos colaterais – como o paracetamol ou ibuprofeno – e são eficazes para o alívio da dor nas primeiras 24 horas – período no qual o paciente pode relatar desconforto.

 

Antibióticos e antiinflamatórios não são indicados à maioria dos procedimentos. Ainda que a adoção de antimicrobianos seja parte da filosofia de tratamento de cada dentista, a maioria das pesquisas científicas descarta a utilização destas medicações para estes procedimentos. Também colabora para esta ideia o fato de que complicações pós-operatórias são raras e dependem muito mais da experiência e técnica cirúrgica do especialista em periodontia – associada aos cuidados adotados durante período de cicatrização da gengivoplastia.

 

 

Antes e depois: outros cuidados à cirurgia plástica gengival.

 

A cirurgia plástica gengival engloba uma série de técnicas que vão do alinhamento gengival à até mesmo enxertos de gengivas para recobrimentos de retração gengival. Indicada desde pequenas correções estéticas a procedimentos cirúrgicos mais complexos para mudança de biotipo gengival, cuidados na recuperação e pós-operatório precisam ser compatíveis com atividades e sociais dos pacientes submetidos ao procedimento.

 

Assim, antes de partir para o tratamento, compatibilize sua agenda com os dias em repouso necessários aos cuidados pós-operatório e recuperação da gengivoplastia. A sugestão é realizar estes procedimentos às quintas-feiras ou sextas-feiras para aproveitar o final de semana enquanto o edema vai reduzindo e vão sumindo os sinais cirúrgicos, ou ainda utilizar os períodos de férias e feriados em que as atividades de trabalho estão ausentes. Depois, é só curtir os resultados estéticos do seu tratamento e curtir a nova harmonia do seu sorriso que, com certeza, valerá a pena.

 

Ainda em dúvida? Saiba mais sobre cirurgia plástica gengival em Porto Alegre.

Ou aproveite para ler os posts relacionados:

Voltar para o blog