BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Lente de contato dental: durabilidade é longa mas exige cuidados.

lente de contato dental durabilidade post blog

A durabilidade da lente de contato dental é tudo o que você vai querer saber após terminar o tratamento. Descubra quanto tempo dura a lente de contato dental e o que é preciso fazer para que ela seja durável e resistente pelo tempo que precisar.

 

 

Quanto tempo dura a lente de contato dental?

 

As transformações de impacto do sorriso com lentes de contato dental são bastantes populares. Trazendo mais harmonia e sofisticação às correções na cor e forma dos dentes, podem ser o tratamento ideal para você. Mas uma característica essencial à técnica tem passado despercebida pela maioria dos indivíduos em busca deste procedimento: a durabilidade.

 

Afinal, quanto tempo dura a lente de contato dental? Diversas pesquisas científicas sobre a técnica vêm encontrado resultados pra lá de positivos. Para a maioria deles, passados 10 anos da instalação deste tipo de laminado cerâmico, seja na técnica com faceta em porcelana ou lente de contato dental, 92% deles mostraram-se em bom estado de conservação quanto à cor e ausência de infiltrações – resultados pra lá de satisfatórios para quem procura estética e durabilidade em tratamentos estéticos em odontologia.

 

 

Lente de contato dental pode ser tão durável quanto faceta em porcelana.

 

A principal diferença entre a lente de contato dental e a faceta em porcelana não é a menor espessura e delicadeza da primeira, e, sim, a ausência de desgastes sobre a superfície dos dentes submetidos ao tratamento. Para muitos pacientes – e inclusive dentistas -, isto pode fazer toda a diferença com relação à durabilidade das duas técnicas com laminado cerâmico. Mas o fato é que, na prática, após coladas sobre os dentes e respeitando indicações corretas e boas práticas de confecção, ambas são duráveis e resistentes.

 

 

Durabilidade depende de diversos fatores.

 

Para que a durabilidade da lente de contato dental corresponda ao que mostram as pesquisas científicas, é preciso que ela esteja enquadrada dentro de um rol de fatores relacionados à confecção de laminados cerâmicos. Indicações corretas, uso de técnicas seguras e modernas pelo dentistas, emprego de porcelanas (cerâmicas odontológicas) de qualidade superior e confecção das lentes em laboratórios de prótese dentária especializados na técnica são indispensáveis para aumentar o tempo de vida do tratamento.

 

indicação correta da técnica

Entre as técnicas com laminados cerâmicos, a lente de contato dental é a que traz indicações mais restritas. A causa para isto é a ausência de desgastes dentários para adaptação das lentes, o que limita seu uso para correções suaves na cor e forma do dente. Erros frequentes de indicação da técnica vão de recuperação de dentes desgastados por bruxismo severo à recomposição estética em dentes desalinhados com indicação para tratamento ortodôntico.

 

técnicas clínicas modernas

A durabilidade da lente de contato dental depende está diretamente associada às técnicas e materiais utilizados pelo dentista durante as consultas odontológicas. Erros na fase podem resultar, por exemplo, em falhas na adaptação dos laminados, cujos resultados podem diminuir o tempo de vida da lente de contato dental por problemas de infiltração por cárie dentária.

 

qualidade da cerâmica utilizada

O material utilizado na confecção de lentes de contato dental é a cerâmica, popularizada com o nome de porcelana entre dentistas e pacientes. Além de variações entre os materiais disponíveis para a construção dos laminados, também existe variações na qualidade conforme o fabricante utilizado.

 

laboratório de prótese dentária

Cuidados durante a confecção de laminados cerâmicos implicam na maior durabilidade de lentes de contato dental. Para isso, utilizar laboratórios de prótese dentária dedicados à técnica é essencial para certificar superfícias bem polidas e adaptações precisas à superfície dentária que será revestida.

 

 

colagem com material específico

As colas (cimentos) utilizadas pelo dentista para unir as lentes de contato dental aos dentes são específicas para a técnica. Em 2017, um novo material adesivo, que não altera a cor ao longo dos anos, mostrou-se ideal para evitar o amarelamento das bordas dos laminados cerâmicos, permitindo, assim, maior tempo de vida ao tratamento.

 

cuidados durante limpeza e alimentação

Para que a lente de contato dental seja durável, é preciso ir muito além dos fatore que dependem dos profissionais utilizados no seu tratamento. E para isso, um conjunto de medidas que preservam a integridade superficial dos laminados são indispensáveis para garantir a máxima durabilidade do tratamento.

 

 

Cuidados simples deixam as lentes de contato dental ainda mais duráveis.

 

Tão importante quanto os fatores que atuam diretamente na durabilidade das lentes de contato dental estão os cuidados que precisam ser adotados pelos pacientes submetidos ao tratamento. Apesar de simples, vão fazer toda a diferença para manter, por muito mais tempo, a cor, textura e integridade por muito mais tempo.

 

Assim como acontece com as restaurações dentárias que você provavelmente possui em um ou mais dentes – e independente do material utilizadado -, a área de união entre dente e material restaurador representa um ponto de maior suscetibilidade à infiltração cariosa. Restaurações dentárias em resina composta, porcelana ou amálgama de prata, todas trazem riscos para infiltrações quando a higiene oral diária é deficiente, sejam pela frequência ou pela técnica ineficiente para remoção de placa bacteriana.

 

Veja os cuidados que podem deixar as lentes de contato dental ainda mais duráveis:

 

padrão diário e eficiente de higienização oral;

 

utilização de escovas dentárias com cerdas macias ou extra-macias;

 

uso moderado de alimentos cítricos e vinhos;

 

evitar jateamento com bicarbonato de sódio durante a consulta de limpeza efetuada pelo dentista;

 

uso de instrumentos odontológicos específicos para limpeza e tratamento de gengivas em contato com lentes de contato dental.

 

 

Cerâmica feldspática: brilho por muito mais tempo ao seu sorriso.

 

O material utilizado na confecção das lentes de contato dental são variações das cerâmicas odontológicas – popularmente conhecidas como porcelanas. Semelhantes aos utilizados na técncia com faceta em porcelana, podem apresentar até mesmo resultados estéticos diferentes, cabendo ao dentista e ao técnico laboratorial (laboratório de prótese dentária) a seleção da cerâmica ideal para cada caso.

 

Entre as cerâmicas disponíveis para a técnica destaca-se a cerâmica feldspática, uma técnica mais complexa mas que apresenta uma vantagem única sobre as demais: pode ter sua anatomia modificada e repolida a qualquer tempo. Em termos clínicos, isso siginifica, por exemplo, que é possível recuperar o brilho superficial perdido pelo uso de escovas duras e alimentos cítricos que, após muitos anos de uso, podem afetar os laminados cerâmicos – representando uma queda de durabilidade do tratamento.

 

Saiba mais sobre lentes de contato dental:

Voltar para o blog