BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Placa para bruxismo macia ou rígida: acerte no material ideal.

placa para bruxismo rígida ou macia post blog

Placa para bruxismo macia ou rígida (acrílico ou silicone) tem diferenças muito além do material utilizado. Conheça as indicações e problemas mais comuns para tipo de placa miorrelaxante.

 

 por Luís Gustavo Leite, dentista graduado e especializado em próteses dentárias pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Placa para bruxismo, por que tanta gente usa este dispositivo?

 

O bruxismo já é uma das principais causas para consultas ao dentista. Decorrente da alteração no reflexo neuromuscular de apertamento e ranger dos dentes, o distúrbio é responsável por problemas que vão de  fraturas e desgastes dentários frequentes a dores musculares intensas na cabeça, mandíbula e até mesmo no pescoço. Intensificado pelo estresse e correria do dia-a-dia, pessoas afetadas por esta situação são mais comuns do que se pode imaginar.

 

A placa para bruxismo – ou placa miorrelaxante – é um dispositivo idealizado para a desprogramação dos reflexos neuromusculares de apertamento e ranger dos dentes. Seu princípio de funcionamento é evitar o contato direto e encaixe entre os dentes das arcadas dentárias, promovendo um relaxamento dos músculos mastigatórios e proteção aos dentes e estruturas da articulação temporo-mandibular, a ATM.

 

Mais lembrada pela proteção dos desgastes dentários provocados pelo bruxismo, a placa miorrelaxante pode ser confeccionada com materiais rígidos (acrílico) ou macio (polipropileno semelhante ao silicone), com desing específico e personalizado para cada arcada dentária. Com uso mais frequente durante o sono, também pode ser utilizada durante o dia, durante atividades de trabalho ou perídos de maior atividade do distúrbio.

 

A placa para bruxismo não trata sozinho o bruxismo, um distúrbio que não tem cura. A função do dispositivo é atuar como terapia adjuvante na diminuição da frequência e intensidade do apertamento e ranger dos dentes enquanto medidas terapêuticas mais específicas para o tratamento são efetuadas. A indicação e seleção do material e desing do dispositivo depende de exames clínicos ou até mesmo radiográficos para

 

placaplaca para bruxismo macia e rígida miorrelaxante bruxismo infografico #1
Placa para bruxismo macia e rígida: conheça as principais diferenças.

 

 

Placa para bruxismo rígida (acrílico) é indicada à maioria dos casos.

 

O distúrbio neuromuscular de ranger dos dentes, o tipo excêntrico, é o mais predominante. Responsável por 95% dos casos, nos estágios iniciais nem sempre é possível verificar desgastes dentários, sendo as dores musculares na cabeça e pescoço os sintomas mais comuns. A placa para bruxismo rígida é o modelo indicado para o seu tratamento devido a sua eficiência para diminuir os ciclos e a intensidade dos músculos envolvidos na condição.

 

 A placa rígida também é efetiva no tratamento da disfunção da articulação temporomandibular (ATM). Com funções de bloqueio da dor nos períodos mais intensos do distúrbio ou prevenção de danos às estruturas artiulares, possui uma superfície lisa e acrílica ideal para o deslizar da mandíbula a cada tentativa de ranger dos dentes – o mecanismo pelo qual a desprogramaçao neuromuscular atua. 

 

placa para bruxismo rígida (acrílico)
Placa para bruxismo rígida, em acrílico: indicada para o bruxismo do tipo excêntrico (ranger dentário)

 

 

Placa para bruxismo macia (silicone) é indicada no tratamento da dor por disfunção da ATM.

 

A placa para bruxismo em silicone () é confeccionada de foma semelhante à moldeira para clareamento dental, na técnica caseira. Contornando todos os dentes com um material transparente e maleável, tem preço mais em conta e fácil adaptação. Entretanto, apesar de tantas vantagens, é preciso atenção redobrada na indicação deste tipo de aparelho para bruxismo utilizada de forma inadequada, os sintomas do distúrbio costumar intensificar na maioria das vezes.

 

A placa macia em silicone é indicada apenas para o tratamento do bruxismo cêntrico, uma condição rara cujo diagnóstico pode ser complicado devido à ausência de sinais dentários do distúrbio. Outra indicação para este tipo de material é o alívio da dor na disfunção da ATM, uma condição na qual o aparelho tem a função de descomprimir as estruturas articulares enquanto uma terapia antiinflamatória é administrada junto a medidas terapêuticas específicas.

 

placa para bruxismo macia em silicone
Placa para bruxismo macia, em silicone: indicada para o tratamento da dor na disfunção temporo-mandibular (ATM).

 

 

Disfunção temporo-mandibular não é o mesmo que bruxismo.

 

A confusão frequente entre bruxismo e disfunção na articula temporo-mandubular, a ATM, é comum e pode ser causa para erros no diagnóstico e tratamento das dores orofaciais. Ainda que ambas, em determinados momentos, possam apresentar sinais e sintomas clínicos semelhantes, como dores nos músculos da cabeça, pescoço e localizados sobre a mandíbula, é preciso entender as diferenças e nuances entre as duas condições.

 

A disfunção da ATM, também conhecida como DATM, tem como principal característica os danos às estruturas responsáveis pela articulação da mandíbula ao crânio. Localizada próximas ao ouvido, tendões, discos articulares e estruturas ósseas presentes nesta área podem apresentar alterações anatômicas ou celulares que comprometem a abertura da boca. Os sinais e sintomas mais comuns vão de estalidos e barulhos ao abrir a boca a dores próximas ao ouvido. 

 

As causas para a disfunção da ATM vão de alterações genéticas anatômicas e rompimento de ligamentos e tendões nesta articulação à complicações mais sérias como artroses, displasias fibrosas e tumos malignos – motivos pelos quais a procura por tratamento é essencial. A presença de dores articulares próximas ao ouvido, principalmente as ocorrem em apenas um lado e não cessam, requer terapia apropriada que pode até mesmo envolver procedimentos mais complexos como a artrocentese (substituição dos fluidos articulares), cirurgias para e remoção de lesões neoplásicas (tumores cancerígenos) ou tratamento medicamentoso.

 

dor na cabeça e pescoço bruxismo
Disfunção temporo-mandibular (DATM): apesar de compatilhar com o bruxismo alguns sintomas como dores próximas ao ouvido, o distúrbio pode ter causas como artroses e neoplasias.

 

 

Placa miorrelaxante para bruxismo com design incorreto pode provocar apnéia do sono.

 

Para a maioria dos pacientes, a placa para bruxismo é fixada de forma suave – sem pressionar os dentes – na arcada superior. O formato do aparelhor depende de fatores como a disposição dos dentes e a relação entre as arcadas dentárias. Os dispositivos mais finos trazem adaptação mais rápida e maior conforto, facilitando o seu também durante o dia nas situações de surto do distúrbio.

 

Falhas no design da placa para bruxismo em acrílico podem causar ou intensificar a apneia obstruitiva do sono e ronco, duas anormalidades respiratórias que exigem acompanhamento médico especializado durante após a instalação do dispositivo rígido. O responsável por estes problemas é a projeção anterior exagerada da mandíbula ao utilizar o aparelho, um condição que colabora no bloqueio da passagem de ar pela faringe durante o sono ou ronco.

 

 

Recuperando os desgastes dentários.

 

Os desgastes dentários provocados pelo bruxismo podem ser severos nos indivíduos que apresentam o distúrbio na sua forma mais severa. Fraturas em dentes ou restaurações dentárias são frequentes nos bruxômanos e trazem desafios ao dentista encarregado da recuperação da estética do sorriso. O que fazer?

 

Existem várias técnicas para recuperar dentes desgastados. A mais utilizada é a restauração dentária em resina, mais utilizada pela facilidade, praticidade e preço mais em conta do que pela resolutividade do procedimento. Casos mais severos podem exigir tratamentos mais complexos, como a restauração dental em porcelana ou a faceta em porcelana.

 

Próteses dentárias fixas, na técnica com coroa em porcelana pura, também são alternativas para o tratamento de desgastes dentários severos. Indicadas para a recuperação ou prevenção de desgastes em dentes posteriores, permitem recuperar a dimensão vertical de forma eficiente, melhorando a durabilidade de tratamentos em dentes anteriores com procedimentos mais delicados como as lentes de contato dental.

 

desgaste dentário severo
Desgastes dentários severo por bruxismo sem proteção por placa.

 

 

Dicas para uma adaptação rápida ao aparelho para bruxismo.

 

A adptação à placa para bruxismo dá-se de forma rápida e simples para a maioria dos pacientes. Detalhes como a utilização de materiais adequados, encaixe sem pressão sobre os dentes e corpo fino e delicado ajudam para diminuir os contratempos nos primeiros dias de uso do aparelho. E para que o uso do dispositivo dê-se de maneira ainda mais rápida, vejam uma lista com dicas e cuidados essencais para quem já usa ou está nos estágios iniciais de adaptação ao aparelho:

 

certifique-se de o dispositivo está livre de pressões ou muito volumoso e extenso;

 

nos primeiros três dias iniciais é normal acordar e encontrar a placa miorrelaxante caída na camada ou chão – mantenha, mesmo assim, o uso noturno até acostumar-se;

 

o uso da placa durante o dia, nos primeiros de uso, facilita o processo de adaptação;

 

pacientes com ronco ou apnéia do sono, ao observar o aumento destas condições, devem retornar ao dentista;

 

limpe diariamente o dispositivo com escovas com cerdas duras empregnadas com pasta de dente;

 

 

Ainda em dúvida? Saiba mais sobre placa para bruxismo.

Ou aproveite para ler estes posts relacionados:

 

Voltar para o blog