BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Diferença no preço entre faceta de resina e porcelana induz a erros.

preço da faceta de resina e porcelana

O preço de facetas de resina ou porcelana é, para muitos pacientes, o fator decisivo na hora de escolher a melhor técnica com faceta dentária laminada. Conheça as indicações, vantagens e problemas de cada técnica e material e evite problemas e frustrações com os resultados finais do tratamento.

 

por Luís Gustavo Morato Leite, dentista graduado e especializado em próteses dentárias pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Faceta dentária, a estrela dos tratamentos estéticos em odontologia.

 

A popularidade dos tratamentos odontológicos para transformações marcantes do sorriso aumenta a cada dia. Corrigindo falhas na cor e forma dos dentes, a técnica pode produzir modificações estéticas que vão muito além do sorriso. Para alguns indivíduos, estes procedimentos com facetas dentárias pode ser bem mais do que desejo – uma necessidade que impacta diretamente na autoestima.

 

As facetas dentárias estéticas englobam quatro tipos de técnicas: facetas de resina, facetas de porcelana, lente de contato dental e fragmentos. As diferenças entre elas podem confundir até mesmo a dentistas não experimentados no assunto, e erros de indicação podem resultar em pacientes frustrados e danos irreversíveis aos dentes.

 

Para muitos indivíduos, a seleção do tipo de faceta dentária é baseado no preço. E até dá para entender, já que os nomes parecidos dão a entender que as indicações são as mesmas, apenas os resultados é que mudam em qualidade e durabilidade. E em algumas situações, o raciocínio até está certo, mas o que se vê, na maioria das vezes, é que a escolha do laminado mais em conta pode ser apenas o começo para contratempos e noites mal dormidas.

 

faceta de resina confecção
Faceta de resina: confecção direta do laminado sobre o dente justifica o preço mais em conta.

 

 

Diferença entre preço da faceta de resina e porcelana pode induzir a erros.

 

O preço da faceta de resina é, na maioria dos serviços odontológicos, inferior à faceta de porcelana. Os motivos para os custos menores vão do número reduzido de consultas – o tratamento é realizado em uma única consulta – à dispensa de laboratórios de prótese dentária responsáveis pela confecção dos laminados cerâmicos.

 

Outros fatores também contribuem para aumentar ainda mais a diferença no preço entre facetas em resina e porcelana. O principal deles, na caso da técnica com porcelana, é a qualidade e experiência do laboratório de prótese dentária. São inúmeras as variações de composição e fabricantes, e que apresentam preços diferentes para cada um deles – escolhas que implicam diretamente nos custos destes procedimentos.

 

 

Faceta de resina, praticidade e estética com indicações precisas.

 

Não existem pesquisas a respeito, mas provavelmente a faceta de resina é o laminado dentário estético mais utilizado. Comum em dentes anteriores (incisivos centrais e laterais), é visto em procedimentos que vão desde o mascaramento de dentes escurecidos após tratamento de canal – com resultados quase sempre desastrosos – ou pigmentados por antibióticos até restaurações extensas para recuperar dentes quebrados ou fraturados.

 

Na maioria das vezes, os relatos dos pacientes com dentes recobertos por facetas de resina não são animadores. Perda precoce do brilho, amarelamento e fraturas frequentes são as reclamações maios frequentes. Mas, ao contrário do que se imagina, estes problemas devem-se mais às indicações inadequadas e falta de qualidade das resinas utilizadas do que a técnica em si.

 

Existem resinas dentárias específicas para serem utilizadas em facetas de resina – são as resinas ceramizadas, que utilizam partículas de porcelana para aumentar a durabilidade e resultados estéticos. Utilizadas em situações propícias à técnica, podem trazer resultados estéticos até mesmo semelhantes às facetas de porcelana e lentes de contato dental.

 

Se por um lado a faceta de resina tem no preço mais em conta e rapidez do tratamento, por outro exige manutenção constante para colocar o brilho e pequenas fraturas em dia. A frequência destas consultas, que dependem de fatores como a qualidade das resinas, extensão do laminado e atividades parafuncionais como o bruxismo em roer unhas, precisam ser levadas em conta ao selecionar a técnica.

 

faceta resina versus porcelana qual é melhor
Faceta em porcelana: elevada durabilidade e resistência à perda de cor e brilho justificam preços mais elevados.

 

 

Faceta de porcelana, durabilidade e resultados marcantes.

 

A faceta de porcelana é a grande estrela das transformações estéticas do sorriso. Com facilidade para corrigir desde dentes escurecidos após tratamento de canal a até dentes tortos e apinhados, este tipo de laminado cerâmico é ideal para indivíduos que exigem resultados estéticos elevados com o máximo de durabilidade.

 

O preço da faceta de porcelana pode variar em até 500%, dependendo do dentista, laboratório utilizado, técnica e materiais utilizados – e tudo isto influencia, sim, nos resultados finais do tratamento. O melhor mesmo é certificar-se de cada um destes fatores para evitar frustrações e contratempos.

 

 

Laminados cerâmicos contam com gama ampla de materiais e técnicas.

 

Os laminados cerâmicos, termo dado a todo tipo de material estético confeccionado em porcelana para recobrimento dos dentes, compreendem técnicas como a lente de contato dental, faceta de porcelana e fragmentos cerâmicos. Além das diferenças inerentes entre cada uma delas, a seleção dos materiais utilizados nestes dispositivos também influenciam nos resultados finais e no preço do tratamento.

 

As diferenças entre lentes de contato dental e facetas de porcelana não interferem no preço do tratamento mas exigem conhecimentos técnicos aprofundados. Isso porque, na maioria das vezes, as indicações para cada tipo de laminado exige exames detalhados para que o máximo das propriedades estéticas e de durabilidade sejam aproveitados na sua totalidade. Erros na etapa de seleção do tipo de laminado utilizado podem exigir a troca integral dos dispositivos já colados aos dentes.

 

 

Lente de contato dental, delicadeza em correções exatas.

 

A mais conhecida e glamourosa técnica com laminados cerâmicos é a lente de contato dental. Associada a transformações marcantes e harmônicas -e a preços salgados -, este delicado dispositivo estético é, na verdade, menos utilizado do que se imagina.

 

O preço da lente de contato dental é semelhante à faceta de porcelana, e superior à faceta de resina. As diferenças entre as duas primeiras técnicas fica por conta da inexistência de desgastes dentários para adaptação da primeira – fato que faz dela uma indicação pouco comum e que exige conhecimento técnico do dentista para não frustrar o paciente pelos resultados.

 

As indicações para as lentes de contato dental vão para fechamento de espaços entre os dentes (diastemas) e correções de cor e forma em dentes cujas posições na arcada dentária sejam esteticamente favoráveis à aplicação do laminado.

 

 

Quanto custa? Preço da faceta de resina também pode variar.

 

A introdução de resinas compostas com partículas cerâmicas (porcelana) impregnadas revolucionou os procedimentos estéticos com facetas em resina. Além da maior resistência e durabilidade, a possibilidade para reproduzir transparências e efeitos ópticos semelhantes aos encontrados em lentes de contato dental e facetas de porcelana trouxe novas indicações ao tratamento.

 

Entretanto, assim como acontece nos tratamentos com laminados cerâmicos, também existem variações no preço de facetas de resina – o que nem sempre revela a qualidade final dos procedimentos. Nestes casos, o melhor mesmo é conversar com o dentista responsável e certificar-se do material utilizado e das alternativas com laminados cerâmicos. É possível, sim, minimizar as insatisfações com correções pouco efetivas e cheias de contratempos.

 

Saiba mais sobre faceta de resina e porcelana.

Voltar para o blog