BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Prótese dentária em zircônia com porcelana alia durabilidade à estética.

protese dentaria em zircônia com porcelana

A prótese dentária fixa em zircônia com porcelana é uma técnica que alia durabilidade, resistência e estética marcante. Conheça as indicações para tratamentos dentários deste dispositivo que pode ser o ideal para procedimentos com coroas dentárias e pônticos – e até mesmo para dentaduras fixas tipo protocolo.

 

por Luís Gustavo Leite, dentista graduado e especializado em próteses dentárias pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Prótese dentária em zircônia com porcelana, versatilidade em estética de impacto.

 

Tratamentos com próteses dentárias fixas exigem, cada vez mais, a participação do paciente na hora de selecionar a técnica e materiais mais adequados. A opção entre técnicas computadorizadas ou manuais ou a seleção do tipo de cerâmica na técnica com porcelana pura – apenas para ficar nessas – exigem respostas rápidas para que o tratamento não atrase. Algo realmente complicado para muitos indivíduos.

 

Uma (nem tão) nova técnica é a prótese dentária em zircônia recoberta por porcelana (cerâmica), uma alternativa com múltiplas indicações que une a elevada resistência da zircônia à estetica de impacto da porcelana de cobertura. Uma opção cada vez mais utilizada para indivíduos exigentes com resultados estéticos que precisam próximos às sofisticadas técnicas com lentes de contato dental e facetas laminadas.

 

 

Vantagens da associação da zircônia à porcelana são inúmeras.

 

A principal função da zircônia no tratamento com prótese dentária fixa é substituir o metal de reforço interno dos dispositivos protéticos com porcelanas. Coroas dentárias fixas, pônticos (prótese dentária mútipla), implantes dentários e dentaduras fixas são beneficiadas pelo uso deste óxido, melhorando os resultados estéticos e diminuindo o número de trocas de próteses dentárias ao longo dos anos. Conheça algumas vantagens do uso da zircônia nos tratamentos odontológicos:

 

diminui os riscos para alergias ao metal presente em próteses dentárias tradicionais;

 

elimina os riscos para acinzentamento de gengivas e raízes dentárias;

 

melhora os resultados estéticos (próteses dentárias mais naturais e harmônicas);

 

 elimina a necessidade de substituição de próteses dentárias frente à retração gengival;

 

pode ser utilizada no tratamento com dentadura fixa tipo protocolo;

 

pode ser combinada com dispositivos estéticos de alto impacto como laminados cerâmicos.

 

protese dentaria zirconia com porcelana
Revestimento estético em porcelana aplicada manualmente: resultados mais naturais e harmônicos.

 

 

Resultados estéticos são marcantes mas ainda inferiores às técnicas com porcelana pura.

 

A zircônia está disponível em diversas cores próximas a dentes naturais – um fator essencial para tratamentos que exigem resultados estéticos elevados. Naturalidade e harmonia são obtidos com mais facilidade, ao passo que cores, transparências e fluorescências encontradas em dentes naturais podem ser mimetizados com detalhes surpreedentes.

 

Apesar da versatilidade para mimetizar dentes natuais, a prótese dentária em zircônia com porcelana ainda traz resultados estéticos inferiores às próteses dentárias em porcelana pura – cujos materiais são semelhantes aos utilizados na confecção de laminados cerâmicos como lentes de contato dental e facetas dentárias laminadas.

 

Pacientes mais exigentes com a estética do sorriso podem frustrar-se com os resultados da técncia com zircônia – apesar da melhora substancial comparada às técnicas tradicionais. A popularização de procedimentos com lentes de contato dental, famosas por transformações estéticas em artistas e modelos, elevou as exigências estéticas atuais a pontos que até mesmo a técnica com zircônia pode ser insuficiente para satisfazer indivíduos focados na estética do sorriso.

 

lente de contato dental porcelana
Próteses dentárias em porcelana pura sem zircônia são ideais para tratamentos combinados com lentes de contato dental e facetas laminadas.

 

 

Próteses dentárias com corpo único em zircônia ainda carecem de melhoras estéticas.

 

A disponibilidade da zircônia em cores próximas a dentes naturais trouxe uma nova alternativa no tratamento com prótese dentária fixa: a confeção de corpos únicos em zircônia, sem cobertura em porcelana.

 

A vantagem da técnica com zircônia sem cobertura em porcelana é a diminuição no tempo de tratamento, já que a quase totalidade do tratamento é computadorizada. Já as desvantagens ficam por conta da limitação do material para reproduzir detalhes e transparências presentes em dentes naturais – motivo pelo qual a técnica não é utilizada para áreas estéticas.

 

Por outro lado, o tratamento com prótese dentária tipo protocolo em zircônia sem cobertura em porcelana reduz, além do tempo de confecção do dispositivo, o preço – uma vantagem para quem quer trocar um protocolo acrílico já instalado por outro em material com maior resistência e durabilidade.

 

 

A adição de porcelana sobre zircônia melhora os resultados estéticos.

 

O direcionamento da odontologia para próteses dentárias confeccionadas por computador (escaneamento e fresagem), apesar da diminuição no tempo de tratamento, frequentemente resulta na diminuição da qualidade estética do tratamento. O problema, que ocorre devido à ausência das camadas externas de porcelana aplicadas manualmente pelo protético, reduz as possibilidades técnicas para reproduzir a translucidez e detalhes ópticos presentes em dentes naturais.

 

Outro problema que decorre da ausência da porcelana de cobertura nas próteses dentárias com zircônia é que ela impede a reprodução de detalhes anatômicos presentes em dentes naturais. Nestes casos, a solução encontrada para os dispositivos de corpo único em zircônia foi o desenvolvimento de tintas superficiais que mimetizam dentes naturais.

 

A aplicação manual de camadas de porcelana sobre o corpo em zircônia de próteses dentárias fixas, além de encarecer o tratamento, também aumenta o tempo de confecção do dispositivo protético. De qualquer forma, compreender as exigências estéticas individuais é essencial para que dentista e paciente selecionem a melhor técnica, diminuindo riscos para frustrações com dispositivos protéticos de corpo único.

 

protese dentaria protocolo em zircônia
Prótese dentária tipo protocolo (dentadura fixa) é umas opções da técnica com zircônia.

 

 

Próteses dentárias individuais (unitárias) podem ser feitas sem zircônia.

 

O desenvolvimento de cerâmicas puras (porcelanas) mais resistentes vem dispensando o uso de zircônia nos tratamentos com próteses dentárias individuais tipo coroa. O resultado disto é o aumento da qualidade estética final do tratamento, inclusive para dentes escurecidos após tratamento de canal.

 

Atualmente, a zircônia é utilizada como reforço estrutural para próteses dentárias em porcelana na técnica com pôntico (várias coroas protéticas unidas para reabilitar áreas com um ou mais dentes ausentes) ou para a confecção de dentaduras fixas tipo protocolo.

 

Pinos dentários estéticos para reforço e restaurações dentárias em corpo único com o material também podem ser confeccionadas com a técnica, apesar da pouca utilidade clínica para este tipo de material nos tratamentos restauradores.

 

protese dentaria unitaria em zirconia
Prótese dentária em zircônia sem cobertura: bem indicadas para dentes posteriores.

 

 

Dicas para selecionar o material mais adequado para tratamentos com próteses dentárias.

 

As necessidades estéticas para tratamentos com próteses dentárias fixas não são as mesmas para todos os pacientes. Além da percepção subjetiva estética, características como a localização e exposição dos dentes ao sorrir e os desafios para imitação de cores e transparências do esmalte e dentina em cada indivíduo implicam na seleção do material ideal.

 

Em regiões anteriores do sorriso, a técnica com porcelana pura é a primeira opção – desde que exista a possibildiade para procedimentos individuais – nestes casos, o fio dental passa entre cada prótese instalada sem necessidade de instrumentos especiais para higienização dos dentes. Outra vantagem da técnica com porcelana pura é sua facilidade para harmonização com lentes de contato dental e facetas laminadas.

 

Com relação às dentaduras fixas (protocolo) em corpo único de zircônia, tudo depende das exigências pessoais dos pacientes. Indivíduos mais exigentes com a harmonia do sorriso devem optar pela técnica com cobertura externa em porcelana; já para quem quer redução nos custos e tempo de tratamento, o dispositivo em corpo único é a melhor alternativa.

 

 

Saiba mais sobre prótese dentária em zircônia com porcelana:

Voltar para o blog