BLOG

Luis Gustavo Morato Leite

Prótese dentária protocolo em acrílico ou porcelana. Qual é a ideal?

prótese dentária tipo protocolo acrílico porcelana

Conheça as diferenças no uso do acrílico ou porcelana no tratamento com prótese dentária tipo protocolo sobre implantes.

 

por Luís Gustavo Leite, dentista graduado e especializado em próteses dentárias pela UFRGS, em Porto Alegre.

 

 

Prótese dentária protocolo, conforto e estética essenciais.

 

Só quem precisa de próteses dentárias do tipo removível ou dentaduras sabe bem a dificuldade para mastigar ou falar com estes dispositivos. Genvivas machucadas, dores e baixa autoestima, para ficar só nessas, são apenas algumas das reclamações mais frequentes. Mas um tipo especial de tratamento pode recuperar o conforto e estética ausentes nas técnicas tradicionais: a prótese dentária tipo protocolo sobre implantes ósseointegrados.

 

Sem dúvida, próteses dentárias protocolo são a forma mais eficiente para recuperar a autoestima de pacientes com todos os dentes ausentes ou com poucos dentes em condições precárias. O termo, que significa um conjunto de procedimentos que trazem previsibilidade e resolutividade para tratamentos com próteses dentárias fixas sobre implantes em indivíduos desdentados, já indicada que muitos detalhes são essenciais para o sucesso da técncia. E entre eles está a seleção entre porcelana ou acrílico para o revestimento estético do dispositivo protético.

 

 

Porcelana ou Acrílico: as vantagens de cada tipo de material.

 

Nos primeiros anos de introdução do tratamento com prótese dentária tipo protocolo o dispositivo era oferecido apenas na técnica com resina acrílica. Não à toa, o termo dentadura fixa sobre implantes era o mais utilizado. Entretanto, o uso de porcelana para resultados mais estéticos e duráveis trouxe opção mais ainda mais sofisticada para indivíduso exigentes com os resultados. Veja as vantagens e desvantagens de cada tipo de material:

 

acrílico

Material mais utilizado no tratamento com prótese dentária protocolo, o acrílico é uma polímero com múltiplos usos em odontologia, como restaurações dentárias e placas para tratamento do bruxismo. As principais vantagens são baixo custos e resultados estéticos que satisfazem à maioria dos pacientes. Já as desvantagens ficam por conta da baixa durabilidade associada, que é vista pelo desgaste e amarelamento frequentes dos dentes acrílicos.

 

prótese dentária fixa protocolo acrílico
Quando confeccionada com dentes e acrílicos de boa qualidade os resultados estéticos podem ser próximos à técnica com porcelana sobre estrutura metálica.

 

 

porcelana

Utilizada em tratamentos estéticos mais sofisticados como lentes de contato dental e facetas laminadas, ou ainda nos procedimentos com prótese dentária fixa em porcelana, a porcelana (cerâmica odontológica) traz durabilidade e resultados estéticos superiores à tecnica com acrílico. A desvantagem óbvia é o preço mais elevado do tratamento, que pode elevar os custos envolvidos em até 100% comparados à dentadura fixa sobre implantes com acrílico.

 

prótese dentária protocolo zircônia
A técnica com porcelana traz resultados estéticos superiores ao procedimento com acrílico.

 

 

Zircônia, a técnica com porcelana para resultados estéticos máximos.

 

A ideia para o uso de porcelanas nos tratamentos com prótese protocolo sobre implantes é conferir mais estética e durabilidade aos dispositivos protéticos. Mas existe um detalhe importante: assim como na técnica acrílica, a porcelana exige reforço estrutural interno para que não ocorram fraturas durante a mastigação. Na maioria das vezes, esta estrutura é confeccionada em ligas metálicas cuja coloração acinzentada traz limitações estéticas.

 

A introdução da zircônia como material substituto ao metal das estruturas internas de próteses dentárias tipo protocolo revolucionou os resultados estéticos nos tratamentos com implantes dentários. Cores mais naturais e detalhes ópticos semelhantes a dentes naturais são algumas das características dos dispositivos construídos com este material. Mas tanta sofisticação tem seu viés: o preço do tratamento é consideravelmente mais elevado mesmo comparado à técnica com porcelana sobre metal.

 

 

Prótese protocolo em porcelana exige osso em condições ideais para dar certo.

 

Para a maioria das pessoas, o preço mais elevado da prótese tipo protocolo em porcelana é um fator impeditivo da técnica. Mas nem sempre o custo salgado das porcelanas é o que mais conta para que a prótese em acrílico seja o tratamento de eleição. Quando o osso que suportará os implantes dentários apresenta-se com baixa qualidade (poroso) ou a anatomia local restringe o número mínimo de implantes para a técncia com porcelana, o acrílico pode ser o único material possível – e indicado.

 

Uma vantagem pouco comentada do acrílico é que ele, ao contrário das próteses fixas em porcelana, absorve bem os impactos mastigatórios. Pacientes cuja transmissão elevada de carga mecânica sobre os implantes dentários traz riscos para fraturas de próteses, implantes dentários e osso de suporte não são indicados para a técnica com porcelana – uma limitação ao uso de porcelana mesmo para indivíduos sem restrições financeiras.

 

prótese dentária protocolo implantes dentários
6 implantes (foto) podem ser insuficientes para resistir às cargas mecânicas elevadas na técnica com porcelana.

 

 

Decisão entre acrílico ou porcelana exige cautela na análise.

 

Afinal, as diferenças entre o acrílico e a porcelana são assim tão significantes? Depende. Em primeiro lugar, leve em consideração que o acrílico utilizado na construção de dentes e gengivas está disponíveis por fabricantes em qualidades diferentes. Dependendo dos materiais utilizados, os resultados estéticos nos tratamentos com próteses protocolo podem ser próximos à técnica com porcelana sobre estrutura metálica.

 

A escolha entre acrílico e porcelana sobre zircônia é uma decisão mais fácil de ser tomada. Isso porque, ainda que a técnica acrílica seja construída com materiais de excelente qualidade, os resultados são bastantes inferiores à técnica com porcelana sobre zircônia. Mas atente-se a isto: a experiência do laboratório de prótese dentária utilizado também conta para que os resultados sejam harmônicos e natuais, independente do material utilizado.

 

 

Durabilidade e estética.

 

Estética e durabilidade são requisitos que todo tratamento odontológico precisa apresentar. E é exatamente nestes dois requesitos que a diferença no emprego de materiais impacta nos resutlados. No caso dos tratamentos com prótese dentária protocolo, o uso de acrílico (resina acrílica) ou porcelana muda substancialmente os dois fatores – e a durabilidade é a parte mais sensível.

 

Próteses protocolo construídas em acrílica exitem trocas que, dependendo da qualidade das resinas utilizadas e força de mastigação, são necessárias a cada 4 anos. Dentes desgastados e manchamentos são as reclamações mais comuns. Já a versão em porcelana, independente do uso de zircônia ou metal na estrutura interna de reforço,  pode manter-se em excelente estados passados 10 anos da instalação.

 

Já com relação aos resultados estéticos os resultados são óbvios. A porcelana traz mais naturalidade e harmonia para mimetizar diversos detalhes ópticos que podem ser imprescindíveis conforme a exigência estética do paciente.

 

prótese protocolo problemas
Prótese provisória tipo protocolo em acrílico: falha do material.

 

 

Avaliando o preço da prótese protocolo conforme o material.

 

Pacientes sensíveis ao preço do tratamento com próteses protocolo em porcelana podem ficar inseguros quando a técnica com acrílico é o tratamento possível. E motivos para isso existem: a técnica com porcelana pode custar até 3X mais (porcelana sobre zircônia). Mas não é preciso ficar desesperado se o orçamento mais apertado não permite a escolha pela tratamento mais estético e durável. Os resultados dos protocolos em acrílico são, sim, de boa qualidade estética.

 

A escolha por tratamentos com acrílico pode ser uma opção até desejável para o primeiro dispositivo instalado. Apesar da durabilidade diminuída, o protocolo acrílico traz menor impacto mastigatório aos implantes recém-instalados (técnica imediata) e ainda permite correções na poisição e forma mesmo após o término do tratamento. E, na verdade, é exatamente o que se vê: a técnica em porcelana acaba sendo a prioridade quando da primeira troca da prótese acrílica.

 

 

E a dentadura fixa, o que é?

 

Prótese tipo protocolo e dentadura fixa constumam ser confundidos pela nomenclatura. De certa forma, qualquer dispositivo protético para reabilitar arcadas dentárias totalmente desdentadas é uma dentadura. Entretanto, a introdução de técnicas com porcelana relegou às próteses com acrílico o termo dentadura fixa sobre implantes dentários. E mais recentemente, o termo ficou retrito aos dispositivos acrílicos para as arcadas superiores.

 

 

O tratamento com protocolo sobre implantes, passo a passo.

 

O tempo de tratamento nas reabilitações orais com próteses dentárias não são fixos. A osseointegração dos implantes dentários, por exemplo, pode tomar até 6 meses de espera até que o osso esteja em condições de receber cargas mastigatórias. E dependendo das condições ósseas e técnicas com enxertos ósseos, o tempo de tratamento pode ultrapassar os 9 meses – nos casos mais complexos com implantes dentários.

 

Saiba mais sobre próteses dentárias fixas sobre implantes:

Voltar para o blog